Mês: setembro 2018

Estação das flores, a primavera tem um clima delicado e ameno que pode ser usado para colorir a festa de casamento. A estação é ideal para noivas que gostam de ambientes naturais e roupas suaves.

Segundo a cofundadora e consultora do Universo das Noivas, Sandra Rezende, as tendências de casamentos para a primavera envolvem delicadeza, cor e perfume.

Local

Opte por um ambiente aberto. Casa de campo, fazenda ou praia são boas opções. O ideal é usar a natureza, que é a principal característica da estação, e destacá-la. Abuse do ar fresco.

Foto: Espaço Casa da Fazenda / Divulgação

Decoração

O verde e as flores são muito convidativos para a estação, mas é importante usar os elementos com cautela para não exagerar. Escolha tons claros como rosa, amarelo, branco e azulado. Sofás com tons florais deixarão o ambiente mais leve. O tapete que leva os noivos ao altar pode ser substituído por rosas vermelhas. Na recepção, aposte em mesas coloridas, serviço de pratos típicos da região do casamento e mobílias rústicas.

Vestido da Noiva

A maioria dos modelos da estação é tomara que caia, um ombro só ou frente única. Os tecidos são os clássicos, como tafetá, seda e tule. Uma alternativa interessante para o ambiente aberto são os vestidos desmontáveis que começam com bastante volume e, ao tirar peças, acabam mais leves e confortáveis para dar sequência à festa.

Foto: Loja Casa e Noivas / Divulgação

Acessórios da Noiva

Os acessórios nunca saem de moda. Véu e chapéu seguem as últimas tendências e aparecem com aplicações de flores e laços. As joias pedem um design mais delicado, nada muito carregado. Pedras coloridas são uma boa alternativa para dar leveza a uma noiva natural.

Maquiagem

Tom pastel com olhos marcados é uma boa pedida para esta estação, mas nada deve ser muito carregado, complementando o ar de delicadeza e naturalidade.

Foto: LehPequeno Makeup / Divulgação
Convidados

As convidadas podem optar por vestidos com leve transparência, frente única e na altura dos joelhos. O ambiente aberto e natural combina com modelos estampados com flores e tecidos leves. Se o casamento for durante o dia, o chapéu é bem-vindo.

Os convidados podem fugir um pouco do trandicional terno de acordo com o local da festa. Se for na praia, por exemplo, uma bata pode substituir a camisa, no campo pode ser uma camisa de tecido leve e sem terno. Observe o traje sugerido no convite antes de escolher sua roupa.

Dicas de roupas para as convidadas
Dicas de roupas para as convidadas Foto: Divulgação

Dicas de roupas para os convidados
Dicas de roupas para os convidados Foto: Divulgação

Convite

Para fugir dos tradicionais convites de casamentos, vale apostar em flores ou desenhos que remetem à natureza de acordo com o local da festa. O papel recomendado para os convites é o Panamá 850g, qua traz um toque requintado, e um envelope de palha nos tons corais e aquarela.

Modelo de convite de casamento
Modelo de convite de casamento Foto: Papel e Estilo / Divulgação

Lembrancinha

As sugestões que dão um toque natural, combinando com o ambiente do casamento, são as tradicionais balas de amêndoas em delicados saquinhos de tecido e acabamento com flores. Arranjos com mudas de flores ou temperos encantam os convidados e incentivam a sustentabilidade. Velas aromáticas em formato de flores seriam uma terceira dica de lembrancinha aos convidados. O importante é escolher presentear seus convidados com algo criativo e que tenha relação com a festa e os noivos.

Foto: Divulgação

Fonte: Terra

As orquídeas são algumas das flores mais queridas dos amantes de plantas e flores, assim como, mais atualmente, a espada de São Jorge. São consideradas plantas exóticas e possuem diversas formas, texturas e cores diferentes. Para você ter uma ideia, existem cerca de 40 mil espécies de orquídeas registradas. Para muitos especialistas da área, sua constituição morfológica é considerada a mais perfeita do reino vegetal.

orquideas sala de estar liliana zenaro 13622

1. Usar orquídeas na decoração é um artifício elegante. Projeto por Liliana Zenaro

As orquídeas possuem raízes aéreas e, na natureza, elas se prendem aos troncos e galhos de árvores em busca de segurança, sombra e umidade. Apesar de prederem-se nas árvores, elas não são parasitas, pois só utilizam das árvores como apoio e para pegar nutrientes que caem sob suas raízes.
2. Orquídeas brancas ajudam o ambiente a ficar mais leve. Projeto por Danyela Correa

Como é uma planta muito bonita, as orquídeas estão se tornando cada vez mais populares nas residências. Entretanto como se trata de uma planta bastante tropical, nem sempre ela recebe os cuidados necessários para deixá-la num clima favorável. É imprescindível se atentar para as condições de luz, ventilação e umidade exigidas pela espécie.

orquideas sala de jantar angelica hoffman 16803

3. Sala de estar projetada por Angelica Hoffman utiliza as orquídeas brancas no centro de mesa

Confira dicas para cuidar de Orquídeas

  • Para as orquídeas, recomendamos vasos de barro e se possivel com aberturas ao lado. Pois eles oferecem uma melhor drenagem da água. A terra deve permanecer úmida.
  • Caso troque de vaso ou lugar, observe onde é a “frente” da orquídea. Dessa forma você posiciona da mesma forma para que ela não sofra com as novas adaptações em termos de direcionamento e luz.
orquideas mesa de centro

4. As orquídeas são flores mais rústicas, mas na decoração ficam muito elegantes

  • Anote a data de quando brotar as flores. Para acelerar e melhorar as pétalas, utilize o adubo para indução floral NPK 10-30-20 entre as florações.
  • As orquídeas não devem receber a luz do sol diretamente, pois ela queima suas folhas e flores.
  • A irrigação varia de acordo com o clima de cada região, mas a melhor forma é deixar o substrato úmido. Coloque o dedo a 2cm de profundidade dentro do vaso, se estiver úmido não precisa regar. Prefira regar pela manhã.
  • Para as podas, esterilize a tesoura antes de utilizá-la. Após o corte passe um pouco de canela em pó para ajudar na cicatrização da planta.
  • Com uma escova pequena, esfregue as folhas com fumo de corda para retirar manchas ou com sabão de coco para eliminar pulgões e cochonilhas.

Confira uma galeria linda com Orquídeas na Decoração

orquideas varanda marilia veiga 12569

6. As orquídeas são ótimas peças para colocar na mesa lateral. Projeto por Marília Veiga

orquideas sala de estar marilia veiga 3903

7. As orquídeas são ótimas para decorar a área externa

orquideas sala de estar marilia veiga 87227

8. As orquídeas são plantas resistentes mas exigem cuidado. Projeto por Marília Veiga

orquideas sala de jantar aquiles nicolas 19027

9. As orquídeas são flores lindas para decorações refinadas. Projeto por Aquiles Nicolas

orquideas sala de jantar brunete fraccaroli 7803

10. Se você possuir uma mesa ou bancada grande, utilize vários vasos com orquídeas. Projeto por Brunete Fraccroli

orquideas sala de jantar by arquitetura 9874

11. Orquídeas merecem vasos amplos e bonitos. Projeto por By Arquitetura

orquideas sala de jantar christina hamoui 8430

12. Manter um vaso com orquídeas pode ser bem simples seguindo os passos básicos. Projeto por Christina Hamoui

orquideas sala de jantar erica salguero 3311

13. Sala de jantar com pequenos vasos com orquídeas. Projeto por Erica Salgueiro

orquideas sala de jantar gislene lopes 69915

14. Utilizar orquídeas na mesa de centro é ideal para sala grandes. Projeto por Gislene Lopes

orquideas sala de jantar quitete faria 41930

15. Na hora do jantar, você pode colocar as orquídeas no buffet ou aparador. Projeto por Quitete Faria

Fonte: Viva Decora

Esse tipo de decoração combina muito com casais que adoram ficar ao ar livre, em contato com a natureza — assim como o casamento campestre —, mas preferem o calor e a praia como plano de fundo. Aqui não tem jeito: o casal precisa ser um pouco menos ligado ao tradicionalismo e não pode se importar com a areia!

Em um casamento na praia as cores são muito bem-vindas, dando um ar mais moderno e muito elegante. Assim como o casamento tradicional, esse estilo normalmente pede um pouco mais de investimento. A vantagem é que ele, ao contrário de todos os outros, pode durar dias se feito em um resort, por exemplo.

Fonte: Casar é um barato

Esse estilo de casamento é perfeito para aquele casal que gosta de elementos delicados e românticos, que remetem ao passado. Aqui, uma decoração mais rústica, com peças de DIY (Do It Yourself), como porta-retratos, e itens de família, como máquina de costura e bicicletas antigas, ajudam a deixar tudo bem a cara dos noivos.

Esse tipo de casamento, por usar objetos de família e peças feitas à mão, se mostra muito íntimo, perfeito para quem gosta de colocar a mão na massa e ainda economizar um dinheirinho.

Fonte: Casar é um barato

Esse é aquele tipo de casamento para casais que curtem aquela vibe anos 70, hippie e bem boêmia, sabe? Vira e mexe esse tipo de decoração aparece entre os mais procurados pelos noivos, e para não acabar virando um casamento temático, ele mistura elementos dos anos 60-70 com alguns mais contemporâneos.

O casamento boho-chic acontece, normalmente, em meio à natureza — assim como o campestre —, e não depende de tanto dinheiro quanto o casamento clássico. Além disso, mistura peças pessoais e novas na decoração, lembrando muito o próximo estilo que falaremos sobre.

Fonte: Casar é um barato

Extremamente em alta, esse tipo de decoração combina com casais que prezam pela simplicidade na hora de marcar os momentos felizes da vida. Esse tipo de casamento usa das belezas naturais para compor a decoração, além de aproveitar da iluminação solar para a hora das fotos.

Como dissemos, é uma decoração mais simples, então depende muito mais de criatividade do que de dinheiro, já que as fotografias precisam de menos equipamentos e a natureza é o ponto alto da ornamentação.

Fonte: Casar é um barato

Dos tipos de decoração de casamento, esse é ideal para casais mais tradicionais. A decoração de casamento clássica é luxuosa e costuma demandar bastante investimento. Esse tipo de casamento é atemporal e não segue tendências como os outros desta lista.

Aqui a decoração é mais sóbria e tem o branco, o rosa-chá, o dourado e o champanhe como as cores mais usadas — tudo meio nude, um charme! Por ser luxuoso e ter chance de ficar exagerado, vários casais optam por contratar empresas especializadas no assunto. Elas, por sua vez, montam uma decoração deslumbrante, abusando de lustres, iluminação, pratarias e paisagismos — quase uma coisa de princesa!

Fonte: Casar é um barato

Existem duas explicações para entendermos a origem da palavra “boda” e seus significados. A primeira e mais conhecida delas atribui o termo ao latim, mais especificamente ao vocábulo “vota” (plural de “votum”), que quer dizer promessa. Com o passar do tempo e influências de outros idiomas, “v”, “b” e as pronúncias se confundiram, transformando “vota” em “boda”.Hoje em dia, e principalmente na cultura ocidental, as bodas ganharam diferentes nomes, sendo que cada um deles é relativo a um determinado ano para celebrar o aniversário de casamento. Os nomes, na maioria das vezes, referem-se a alimentos, bebidas, materiais, da natureza ou não, árvores e pedras preciosas, como simbologias variadas para representar fragilidade, novidade e resistência.Por exemplo, as Bodas de Papel, que representam o primeiro ano do casal após a oficialização da união, têm a ver com o papel ser dos materiais mais frágeis existentes, que pode ser destruído a qualquer momento. Já os dez anos de casamento, conhecidos como Bodas de Zinco ou Estanho, fazem referência ao fato do estanho ser um metal maleável, e o zinco, protetor contra a ação do ferro.Entre as bodas mais populares e celebradas por aí estão as de Prata (25 anos) e de Ouro (50 anos), que costumam render grandes festas preparadas pelos casais, além da renovação dos votos de casamento e até mesmo a troca das alianças antigas por novas.

Primeiro ano de casamento – Bodas de de Papel

Dois anos – Bodas de Algodão

Três anos – Bodas de Trigo ou de Couro

Quatro anos – Bodas de Flores e Frutas ou de Cera

Cinco anos – Bodas de Madeira ou de Ferro

Seis anos – Bodas de Perfume ou de Açúcar

Sete anos – Bodas de Latão ou de Lã

Oito anos – Bodas de Papoula ou de Barro

Nove anos – Bodas de Cerâmica ou de Vime

Dez anos – Bodas de Estanho ou de Zinco

11 anos de casamento – Bodas de Aço

12 anos – Bodas de Ônix

13 anos – Bodas de Renda ou de Linho

14 anos – Bodas de Marfim

15 anos – Bodas de Cristal

16 anos – Bodas de Turmalina

17 anos – Bodas de Rosas

18 anos – Bodas de Turquesa

19 anos – Bodas de Água Marinha ou de Cretone

20 anos – Bodas de Porcelana

21 anos de casamento – Bodas de Zircão

22 anos – Bodas de Louça

23 anos – Bodas de Palha

24 anos – Bodas de Opala

25 anos – Bodas de Prata

26 anos – Bodas de Alexandrita

27 anos – Bodas de Crisopázio

28 anos – Bodas de Hematita

29 anos – Bodas de Erva

30 anos – Bodas de Pérola

31 anos de casamento – Bodas de Nácar

32 anos – Bodas de Pinho

33 anos – Bodas de Crizopala

34 anos – Bodas de Oliveira

35 anos – Bodas de Coral

36 anos – Bodas de Cedro

37 anos – Bodas de Aventurina

38 anos – Bodas de Carvalho

39 anos – Bodas de Mármore

40 anos – Bodas de Rubi ou de Esmeralda

41 anos de casamento – Bodas de Seda

42 anos – Bodas de Prata Dourada

43 anos – Bodas de Azeviche

44 anos – Bodas de Carbonato

45 anos – Bodas de Safira ou de Platina

46 anos – Bodas de Alabastro

47 anos – Bodas de Jaspe

48 anos – Bodas de Granito

49 anos – Bodas de Heliotrópio

50 anos – as famosas Bodas de Ouro

51 anos de casamento – Bodas de Bronze

52 anos – Bodas de Argila

53 anos – Bodas de Antimônio

54 anos – Bodas de Níquel

55 anos – Bodas de Ametista

56 anos – Bodas de Malaquita

57 anos – Bodas de Lápis Lázuli

58 anos – Bodas de Vidro

59 anos – Bodas de Cereja

60 anos – Bodas de Diamante ou de Jade

61 anos de casamento – Bodas de Cobre

62 anos – Bodas de Alecrim ou de Telurita

63 anos – Bodas de Sândalo ou de Lilás

64 anos – Bodas de Fabulita

65 anos – Bodas de Pérola Negra

66 anos – Bodas de Ébano

67 anos – Bodas de Neve

68 anos – Bodas de Chumbo

69 anos – Bodas de Mercúrio

70 anos – Bodas de Vinho

71 anos de casamento – Bodas de Zinco

72 anos – Bodas de Aveia

73 anos – Bodas de Manjerona

74 anos – Bodas de Macieira

75 anos – Bodas de Brilhante ou Alabastro

Fonte: Abril